A partir das visitas aos produtores de móveis italianos e sua relação com esta comunidade, o arquiteto Enzo Grinover conheceu pequenos vinicultores da Toscana e passou a apreciar seus vinhos. Desde então, a Compasso DOro, sua empresa, começou a reunir os amigos e importar vinhos do Castello Romitório. Hoje a empresa é importadora exclusiva dos vinhos do Castello no Brasil com registro no Ministério da Agricultura.

A demanda aumentou, mas as caractérísticas desta importação não mudaram. Ela vem acontecendo desde 1994, sempre de forma cooperada, com os custos rateados entre os amigos, e este ano não sera diferente.

Vinho
Castello Romitorio